A Associação Mato-grossense dos Municípios fará a abordagem de temas considerados fundamentais para os municípios durante a reunião com os candidatos ao Governo do Estado e ao Senado, programada para o dia 4 de setembro, no auditório da instituição. A partir das 8 horas o encontro será com os postulantes ao Senado e a partir das 14 horas, com os candidatos ao Governo do Estado.

O repasse de recursos de convênios, saúde, educação, infraestrutura, transporte, logística, desenvolvimento econômico e segurança serão alguns dos questionamentos para os candidatos ao Governo. Pacto federativo, emendas parlamentares e o encaminhamento de projetos que impactam na administração municipal serão alguns dos assuntos da pauta com os postulantes ao Senado. Os temas serão abordados em forma de perguntas que serão direcionadas aos candidatos.

Leia também:  Possíveis desastres naturais serão enviado via SMS para população de Mato Grosso

O presidente da AMM, Valdecir Luiz Colle, Chiquinho, disse que é muito importante que os prefeitos e demais lideranças municipalistas conheçam as propostas para essas áreas, que são essenciais para os municípios. “Será uma oportunidade para que os prefeitos tenham conhecimento das proposições para esses setores, que repercutem de forma significativa na administração municipal”, assinalou.

As assessorias dos candidatos já participaram de duas reuniões para debater as normas do evento. O painel realizado pela AMM será gravado na íntegra, com a distribuição de uma cópia do material para cada candidato. As respostas e o conteúdo apresentado pelos candidatos durante o painel não poderão ser utilizados por outro candidato, porém as equipes poderão gravar as apresentações. Sob orientação da comissão organizadora ficou definido que o evento não será aberto à participação de cabos eleitorais e nem torcidas organizadas.

Leia também:  Governo estende até 31 de dezembro o prazo de decreto para atualização no Simcar

A instituição está mobilizando os gestores para participar do encontro. De acordo com a programação, no período da manhã, a partir das 8 horas, estão previstas as apresentações dos candidatos ao Senado Federal, Rui Prado (PSD); Wellington Fagundes (PR), Rogério Sales (PSDB) e Gilberto Lopes (PSOL). No período da tarde, a partir das 14 horas, estão previstas as apresentações de José Riva (PSD); Lúdio Cabral (PT); Pedro Taques (PDT); José Marcondes Muvuca (PHS) e José Roberto (PSOL).

Os candidatos ao governo terão uma hora para a exposição das propostas e os postulantes ao Senado, 50 minutos. As apresentações serão mediadas pelo presidente da AMM, Valdecir Luiz Colle, e pelo vice-presidente da instituição, Milton Toniazzo.

Leia também:  Municípios têm até dia 31 para providenciar documentação exigida pela Receita Federal

Chiquinho avalia que a reunião será importante, pois os municípios precisam de apoio, considerando a histórica crise financeira que compromete investimentos básicos no atendimento das demandas locais. Além disso, existe uma ampla pauta municipalista, com propostas em tramitação no Congresso Nacional e demandas estaduais que visam facilitar a governabilidade nos municípios.

Entre os itens da pauta nacional, destacam-se os seguintes: aumento do Fundo de Participação dos Municípios – FPM, atualização da Lei do Imposto sobre Serviços – ISS, partilha dos royalties e encontro de contas com a Previdência Social. A aprovação das propostas no Congresso depende da atuação dos membros da Bancada Federal.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.