Missa com o Padre João Paulo marcou a abertura da semana de conscientização - Ricardo Teixeira / AGORAMT
Missa com o Padre João Paulo marcou a abertura da semana de conscientização – Ricardo Teixeira / AGORAMT

Começou na manhã desta quinta-feira (21) e segue até o dia 28 deste mês, a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. O tema abordado deste ano é “Construindo uma história de igualdade e de oportunidade para todos!”.

A abertura do evento contou com a missa  ministrada pelo Padre João Paulo, na sede da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Rondonópolis (Apae), localizada no bairro Vila Aurora. Dentro da programação ainda haverá oficina de beleza, visita dos divertores da alegria para os alunos da Apae, além de palestras com assistente social e o médico geneticista Francis Galera que abordará o tema “Mucopolissacaridoses: aspectos clínicos e diagnósticos”

Mucopolissacaridose (MPS) é uma doença metabólica hereditária. Isso significa que a pessoa nasce com falta ou diminuição de algumas substâncias encontradas no organismo, as enzimas que digerem os glicosaminoglicanos (GAG).

Leia também:  Escola pega fogo e alunos ficam sem aula na Vila Operária

Como parte da programação ainda será realizada neste domingo (24), a 22ª edição do “Costelão da Apae” promovida pelo Rotary Club Rondonópolis Rondon, no salão de eventos do Caiçara Tênis Clube. O evento começa a partir das 10h e o valor cobrado será de R$ 40. O dinheiro arrecadado será usado para custear parte das despesas da Apae de Rondonópolis.

Mohamed Zaher na APAE
O presidente da Apae, Mohamed Zaher recebe cumprimentos após a celebração da missa- Foto: Ricardo Teixeira / AGORAMT

“É importante à participação da comunidade e da sociedade neste evento porque todos os recursos serão doados e ajudam a sustentar a Apae,” ressaltou o presidente Mohamed Zaher.

A Apae de Rondonópolis que completa 38 anos, em setembro, atende 300 alunos portadores de deficiência intelectual e múltipla. O intuito da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla é promover a integração dos alunos com a sociedade e chamar a atenção para a associação.

Leia também:  Feira do Empreendedor dá espaço para campanha

“A semana representa uma reflexão pela luta da associação há mais de 60 anos a nível nacional. Este é um momento em que convidamos a população e a comunidade a refletir sobre os direitos a educação, a saúde, ao social que devem ser igualitários a estes alunos excepcionais,” destacou a diretora da Apae, Karla Mendes Paes.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.