Antes de enfrentar o Coritiba Crocodiles, atual campeão brasileiro de Futebol Americano (CBFA), o Cuiabá Arsenal deverá testar novas ‘táticas de guerra’ no amistoso contra o Rondonópolis Hanks. A partida ocorre no dia 23 de agosto, às 18h, no estádio Dutrinha, em Cuiabá. Até lá, o técnico Brian Guzman garante pegar pesado nos treinos sem desviar os olhos do adversário.

A última vez que Cuiabá Arsenal e Coritiba Crocodiles se enfrentaram foi na final do Brasileiro de 2012, quando em apenas dois minutos, antes do término do jogo, o time cuiabano conseguiu reagir e marcar três touchdowns. Emoção que o técnico Brian Guzman espera não ter de passar este ano. Por isso, a equipe segue um planejamento rigoroso de treinos. “Sabemos que é provavelmente o adversário mais forte que poderíamos enfrentar nesse momento e temos plena consciência do volume de preparação que será necessária para esse jogo. Estamos a todo vapor”.

Leia também:  Diretoria do União decide manter 15 jogadores que disputaram a Série D

Ele revela que a equipe estará completa, incluindo os três atletas que não puderam jogar na estreia: Thiago Borges, Well Garcia e Kenneth Joshen. “Certamente eles farão muita diferença”. O técnico revelou, ainda, que estará avaliando as imagens da partida entre São José Istepôs e Crocodiles. “Estaremos de olho”.

 SAIBA MAIS

O Coritiba Crocodiles venceu o Cuiabá Arsenal em 2009 por 20 a 18. A partida foi pelo Pantanal Bowl 3, mas quem levou o título foi o Arsenal pelo saldo de pontos. Em 2010, o Arsenal venceu o Crocodiles por 49 a 21, na final da Liga Brasileira de Futebol Americano e em 2012, por 31 a 23, na final do Campeonato Brasileiro. Em 2013, o Coritiba Crocodiles conquistou o título do CBFA ao vencer o João Pessoa Espectros pelo placar de 23 a 14. A equipe é hexa campeã paranaense na modalidade.

Leia também:  Brasil dá show em Cuiabá e avança no Grand Prix

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.