O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (INDEA-MT) emitiu nesta quarta-feira (20) uma Nota de Esclarecimento à população rondonopolitana em resposta às notícias sobre a redução de participantes na Cavalgada de abertura da Exposul

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Cavalgada de abertura da Exposul

 

O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (INDEA-MT) vem por meio deste, esclarecer a sociedade mato-grossense, em especial à sociedade Rondonopolitana, no que concerne ao fato das últimas notícias veiculadas nas mídias locais e estadual, quanto ao fato da “diminuição ou extinção da Cavalgada da Exposul de Rondonópolis”.

Este Instituto de Defesa, em sua Regional de Rondonópolis, vem expor que reconhece a seriedade, a beleza e a importância desse evento cultural em nossa cidade, para tanto, objetivando a busca pela perfeita realização do mesmo, e que assim o referido evento possa se perpetuar, exercemos a função à qual somos chamados, ou seja, defesa sanitária animal, promover a prevenção o controle e erradicação de doenças e respondendo ao acordo firmado com o Ministério Público, Centro de Controle de Zoonoses, SETRAT, SEMMA, JUVAM, Polícia Militar Ambiental, Policia Militar e o Sindicato Rural, onde foram aplicadas integralmente as metas acordadas no Termo de Ajustamento de Conduta, T.A.C. SIMP nº 007842-010/2014.

Leia também:  Morre aos 71 anos o Doutor Elmo Bertinetti em Rondonópolis

Onde nós, INDEA-MT, não medimos esforços para que fossem fiscalizados todos os animais que pretendessem participar do evento, principalmente para preservar os animais que estavam devidamente habilitados a participar.

Declaramos que conseguimos acompanhar todo o evento, onde constatamos que aproximadamente 95% dos participantes, estavam munidos de exames e documentos comprobatórios da sanidade dos animais, e que o restante foi impedido de participar, por não apresentarem os referidos exames e/ou condições sanitárias.

Destarte, ressaltamos que ao contrário das notícias veiculadas na mídia nos últimos 15 dias, a nosso ver, uma maciça presença de produtores que aprovam, gostam da cavalgada, zelam, protegem e tem consciência da necessidade de preservar o bem estar animal, e acima de tudo respeitam as leis. Ficando claro, que a grande maioria que participou nos eventos anteriores e que não compareceu neste ano, não atenderam aos requisitos mínimos supracitados. Mas, para nosso espanto, absurdamente apontam que a ação realizada pelo INDEA foi a única culpada da diminuição no número de participantes.

Leia também:  Oficinas comunitárias começam neste sábado (15) em Rondonópolis

Em nosso Instituto de Defesa possuímos Médicos Veterinários e demais servidores, além da habilitação técnica, formação específica na área da fiscalização, e reconhecemos unanimemente que os proprietários de animais, conscientes da Legislação Sanitária e parceiros do Sindicato Rural de Rondonópolis, estes sim, “vestiram a camisa” e contribuíram pra um evento belo, organizado e digno da família Rondonopolitana.

Sendo assim, mais uma vez, exercemos nossas atividades necessárias para a realização do evento em prol da Sanidade animal e da Saúde Pública. Pois, um dos principais receios do INDEA-MT seria o da propagação de enfermidades, em especial do Mormo, uma doença infecto-contagiosa que pode ser transmitida do animal ao ser humano, com grande probabilidade de desfecho fatal.

Leia também:  Crescem em 40% as vendas de passagens de ônibus em Rondonópolis

Ao final, aduzimos que a educação sanitária e a fiscalização atenderam as exigências legais para esse tipo de evento, e obtiveram um resultado positivo acima da expectativa.

Indo além, podemos afirmar que o mérito do resultado positivo das atividades de fiscalização, não é somente para os órgãos e entidades fiscalizadoras presentes, mas também para os participantes e o Sindicato Rural, ao cumprirem as exigências sanitárias e assim ajudar a nossa Região a manter o status sanitário, a saúde animal e saúde humana, minimizando a proliferação de doença.

INDEA-MT

ULE Rondonópolis – MT

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.