Apesar da equipe B de handebol de Rondonópolis ter sido eliminada nas quartas de finais dos Jogos Escolares Estaduais de Tangará da Serra, nesta semana, um destaque individual chamou a atenção da organização do evento. O estudante Paulo Henrique Corrêa, da Escola Estadual Odorico Leocádio da Rosa, foi premiado por duas vezes pelos gols, passes e bom rendimento em quadra. O coordenador da delegação rondonopolitana, Wagnon Velasco, confirmou que não é surpresa a qualidade do atleta.

Mesmo sendo considerado um dos jovens talentos do estado para sua categoria, Paulo Henrique não poderá reforçar o time que se sagrar campeão dos jogos para a disputa nacional. “O regulamento no caso dos jogos escolares prevê que a equipe que for campeã é a que vai para Londrina – PR, na etapa nacional. Independente de qualquer coisa é um grande talento que enche de esperança não só nossa cidade como o estado de Mato Grosso”, avaliou Wagnon.

Leia também:  Luve vence fora de casa e escapa da degola

Mesmo fora do torneio, Paulo Henrique deve permanecer em Tangará até esta sexta-feira (15) quando se encerram os jogos. Sobre os feitos conseguidos pelo jovem, o coordenador disse que não é nada comum.

“Normalmente o que acontece é o atleta receber uma honraria por seu desempenho, mas o Paulo ganhou duas. Isto nos dá esperança que temos um futuro muito promissor em conquistas pela frente”, estimou Velasco.

A delegação de Rondonópolis possui quatro equipes e 63 pessoas. Todo o translado dos atletas foi custeado pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.