A agenda oficial do ministro da Agricultura Pecuária e Abastecimento Neri Geller, na manhã desta segunda-feira (11), previa a participação na abertura da 1º Rodada de Negócios e uma visita geral na estrutura montada no Parque de Exposições Wilmar Peres Farias para a 42º Exposul, que começou no último sábado (9) e vai até dia 17 de agosto. O prefeito Percival Muniz acompanhou Geller e conseguiu articular com o ministro a liberação de R$ 2 milhões para o Município, que serão utilizados na recuperação de estradas vicinais e para investimentos em assentamentos.

O prefeito elogiou a postura do ministro, que, segundo ele, mostrou sensibilidade para entender bem a necessidade do apoio ao grande e pequeno produtor. “Nós somos agrícolas. A vinda do ministro representa naturalmente a importância que ele nos dá. Conversamos com ele, expusemos algumas necessidades, e ele mostrou não estar focado apenas nos grandes, inclusive liberando R$ 2 milhões para Rondonópolis, que vai atender, sobretudo os produtores de áreas menores”, anunciou.

Leia também:  Governo dá primeiro passo para concessão do Marechal Rondon e mais 4 aeroportos de MT

Antes de chegar ao Parque de Exposições, o prefeito e o ministro visitaram algumas obras que estão diretamente ligadas ao desenvolvimento do agronegócio mato-grossense, entre elas a duplicação da BR 163. “Faço constantes reuniões com a presidenta Dilma e exponho em todas elas o quanto é importante melhorarmos a logística de Mato Grosso. Esta obra de duplicação, por exemplo, leva os caminhões até o maior terminal ferroviário da América Latina. Estamos evoluindo, e não só em estradas. A agroindústria está se instalando para cá com muita força e isto agrega valor a produção e garante dá emprego a vários trabalhadores que vêm todo dia para nosso Estado”, falou o ministro, morador e produtor rural na cidade de Lucas do Rio Verde, no Norte de Mato Grosso.

Leia também:  Mostra Kasa e Construção 2017 será realizada nos dias 25, 26 e 27 em Rondonópolis

O ministro confirmou a vinda dos recursos e disse que eles chegarão via SICONV – Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse, do Governo Federal.

O anfitrião da Exposul, Francisco Pugliese Castro, presidente do Sindicato Rural, que organiza o evento, enalteceu a importância de Mato Grosso nacional e mundialmente falando. “Se nós somos o país escolhido para produzir alimento para o mundo, o Mato Grosso tem que ser tratado como a área mais importante do Brasil”, defendeu, agradecendo a visita do ministro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.