Após o reconhecimento do corpo de Edvaldo Francisco de Oliveira Junior, 20 anos, encontrado morto próximo ao Rio Vermelho, na Gleba Dom Bosco em Rondonópolis, investigadores do Departamento de Crime Contra Pessoa (DCCP) aponta o rapaz como suspeito de ter cometido um homicídio este ano.

De acordo com investigadores da DCCP, Edvaldo foi reconhecido por testemunhas e seria o 1º suspeito de ter cometido um assassinato no dia 02 de fevereiro deste ano, em uma casa noturna de Rondonópolis, onde a vítima teria separado uma briga na casa noturna. Francisco também possui outras passagens pela polícia e inclusive pela penitenciária da Mata Grande.

Segundo informações obtidas no Instituto Médico Legal (IML), Edvaldo foi assassinado com várias perfurações na região do tórax e um tiro na cabeça.

Leia também:  Servidores são investigados por adulteração no sistema de monitoramento eletrônico
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.