De acordo com um levantamento realizado pela Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee), no ano passado, mais de 30% das mortes envolvendo contato com fios da rede elétrica aconteceram na construção civil.

As ligações elétricas clandestinas ocupam mais de 12,9% dos acidentes fatais, 5% por podas de árvores de maneira indevida, 4% foram resultado de instalações de antenas de televisão perto dos fios e outros 4% por brincadeiras com pipas. No total, 317 pessoas morreram em 2013, conforme o levantamento.

Os acidentes na construção civil acontecem principalmente em obras informais. No caso dos acidentes com ligações clandestinas, são registrados em grande parte nas periferias e em locais onde não há rede elétrica regularizada, explica o presidente da Abradee, Nelson Leite.

Leia também:  O Halloween marca presença e aquece o comércio em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.