O pedreiro de 58 anos preso na última sexta-feira (01), em Guiratinga acusado de abusar sexualmente das três filhas menores de idade que moram com ele foi encaminhado para o anexo da Penitenciária da Mata Grande em Rondonópolis. A transferência aconteceu no sábado (02), logo após o acusado receber alta médica.

De acordo com a delegada do município de Guiratinga, Lígia Pinto da Silveira Avelar, a filha mais nova do acusado de apenas 7 anos, também confirmou a ela que sofria abusos do pai, porém a menina não deixou que a médica fizesse os exames por completo, mas foi possível notar que ela tinha algumas lacerações.

A delegada afirmou ainda que o acusado deve ser ouvido por ela na tarde desta quarta-feira (06) na Cadeia Pública e só não prestou esclarecimentos ainda porque foi transferido logo que saiu do hospital.

Leia também:  GRUPO CAR apreende menores logo após roubo em supermercado

OUTRO CASO

Outro homem com mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro foi preso no município de Guiratinga. A detenção aconteceu durante uma festa que ocorria na cidade neste fim de semana.

O suspeito é acusado de abusar sexualmente da enteada que tinha 8 anos na época e agora tem 16. Ele vem sendo procurado pela polícia desde então.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.