Um pedreiro de 58 anos, morador de Guiratinga, foi preso na tarde de ontem (31) acusado de abusar sexualmente das três filhas menores de idade que moram com ele. Uma das meninas tem deficiência mental.

De acordo com a delegada do município de Guiratinga, Lígia Pinto da Silveira Avelar, o suspeito mora com seis filhos, três meninos e três meninas. Após a aula, as crianças vão para uma Casa Pastoral , que foi onde a menina de 12 anos contou que ela e as irmãs, uma de 13 anos com deficiência mental e uma de sete eram abusadas pelo pai.

As duas meninas mais velhas já passaram pelo exame médico que constatou o abuso e a de sete deve fazer na segunda-feira (04). Uma das crianças inclusive contou detalhes afirmando que quando iam tomar banho o pai entrava junto, chegando a abusar das duas juntas.

Leia também:  Bombeiros se preparam para receber a Esquadrilha da Fumaça

O suspeito foi detido após o pedido de prisão preventiva, porém começou a passar mal na manhã desta sexta-feira (01) e teve que ser levado ao hospital da cidade. Segundo informações, ele pode entrar a qualquer momento em estado de coma.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.