Foto: assessoria
Foto: assessoria

Proporcionar aos jovens mato-grossenses oportunidades de crescimento educacional e cultural é um dos compromissos firmados pelo candidato Pedro Taques (PT-MT) em seu plano de governo. O pedetista conheceu ontem (11.08) as atividades desempenhadas pela Rede Cidadã, projeto que atua para reduzir os índices de criminalidade – especialmente homicídio e tráfico de drogas – e que foi esquecido pelo atual governo nos últimos anos.

Após visitar as instalações físicas do projeto e conhecer como funcionam as aulas ofertadas no programa, Pedro Taques conversou com alunos e a comunidade. Para ele, o Estado precisa promover ações positivas que, além de corrigir injustiças, afastem os jovens das situações de vulnerabilidade social.

Leia também:  Grampos ilegais levam Paulo Taques para a cadeia

“Vamos fortalecer as ações que diminuem o tempo ocioso dos jovens, que evitam que eles sejam alvos do tráfico de drogas e outras atividades ilícitas. Temos compromissos para auxiliar as instituições escolares no âmbito psicológico, nutricional e social. Nosso plano de governo prevê também acompanhamento e atendimento às famílias e alunos que registram elevados índices de faltas nas aulas, que se envolveram em casos de violência, abuso e evasão escolar.”, disse Pedro Taques, acompanhado do candidato ao Senado, Rogério Salles (PSDB).

Pedro Taques observa que a experiência foi exitosa no município de Lucas do Rio Verde, onde a prefeitura criou o Projeto Anjos da Escola. Para ele, o trabalho nas escolas deverá ser reforçado por iniciativas como o Rede Cidadã – que funciona nas bases comunitárias de segurança.

Leia também:  Mandados de busca e apreensão da PF tem como alvo a residência do governador de RN

Na avaliação do pedetista, uma nova concepção e implementação gradativa de escola pública integral e unificada à comunidade, com acessibilidade para todos, faz-se imprescindível.

“Nossa tarefa, enquanto gestor público responsável pela educação em nosso Estado é conceber fisicamente uma escola capaz de educar as crianças, jovens e adultos, tal como elas são, a partir das especificidades locais e situação real em que se encontram no campo ou nas cidades. O trabalho da polícia cidadã será importante para atuarmos no campo preventivo, afastando nossos jovens das atividades ilíticas e desempenhando ações de crescimento pessoal”, complementou.

A apresentação do projeto Rede Cidadã foi feita pela Coronel PM Zózima (PDT), candidata a deputada estadual pela coligação “Coragem e Atitude pra Mudar”.

Leia também:  Vereador Rodrigo da Zaeli propõe projeto que beneficia servidores públicos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.