Uma pesquisa do Ibope Inteligência mostrou que 66% dos consumidores gostariam de escolher a fornecedora de energia para sua casa, assim como podem optar pela operadora de telefonia. Caso possam escolher, 57% dos consumidores estão propensos a trocar a fornecedora de energia, já 25% não mudariam.

A pesquisa foi encomendada pela Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel) e mostrou que 54% dos entrevistados gostariam que a medida fosse adotada ainda este ano.

Dentre os motivos citados pelos entrevistados que optariam pela mudança da fornecedora de energia estão o preço (57%), qualidade de atendimento (21%) e procura por fontes mais limpas de energia (11%).

Quanto ao preço da energia elétrica, 43% dos entrevistados acreditam que o valor devem diminuir no país, já 25% acham que vai permanecer mesmo e 20% sugere que vai aumentar. No quesito preço, 76% da população acha caro o preço que pagam pela energia no país e 28% acreditam que está muito caro. Apenas 2% acham o valor barato e 28% dizem que é acessível.

Leia também:  Vereador extrapola na bebida e atropela mulher com duas crianças em SP

Quanto ao número de cortes e interrupções de energia neste ano, 46% da população acreditam que devem ocorrer na mesma proporção de 2013. Já 40% acreditam que as interrupções aumentaram neste ano e apenas 11% acreditam que minimizou.

A pesquisa ainda aponta que metade dos brasileiros acreditam que o risco de racionamento de energia ocorrer este ano é grande, 27% consideram médias as chances e outros 17% acham pequeno o risco.

Ao todo foram entrevistadas 2.002 pessoas em todo território nacional, entre os dias 17 e 22 de junho de 2014.

 

 

 

 

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.