O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), notificou neste mês durante uma ação fiscal, cerca de 16 fazendas distribuídas em cinco municípios da região. Apesar do MTE não divulgar o nome dos envolvidos, fontes oficiais do Site AGORA MT, confirmaram que uma das propriedades notificadas é do prefeito de Guiratinga, Hélio Goulart (DEM).

De acordo com o gerente regional do trabalho, Dalmi Vaz da Silva, esta ação é proveniente de denúncias encaminhadas ao Ministério Público do Trabalho.

“Os municípios visitados foram Barão do Melgaço, Itiquira, Pedra Preta, Alto Araguaia e Guiratinga, mais precisamente na região da Chapada Diamantina”, conta.

Ainda de acordo com Dalmi, entre as fazendas visitadas foram encontrada várias irregularidades, mas nenhuma atípica como maus tratos ou trabalho escravo.

Leia também:  Deputado solicita que R$ 2 milhões do duodécimo seja destinado Instituo Lions da Visão

“Falta de registro, falta de Equipamento de Proteção Individual (EPI), falta de exames periódicos e transporte irregular, foram alguns dos problemas notificados por nossos auditores”, declarou

Conforme portaria do MTE, os empregadores autuados terão oportunidade de defesa e análise do processo, para posterior ser lavrada uma multa se necessário.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.