O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, disse hoje (18) que os desembolsos da instituição no primeiro semestre de 2014 devem ficar um pouco abaixo dos R$ 88,3 bilhões liberados no mesmo período de 2013. O montante de empréstimos no ano passado foi recorde para um primeiro semestre e ficou 65% acima que o de 2012.

“[O desembolso] está moderado, conforme previ recentemente, com uma recuperação de consultas [aos empréstimos pelo banco]”, declarou. “Está moderado para baixo”, completou Coutinho, em entrevista no 2º Congresso Internacional do Centro Celso Furtado, no centro do Rio de Janeiro.

O presidente do banco, entidade responsável por oferecer empréstimos a juros menores que as demais instituições do mercado para estimular o desenvolvimento da economia nacional, também antecipou que a maior parte do dinheiro da instituição no primeiro semestre deste ano foi destinada a projetos de infraestrutura.

Leia também:  MT | Captação do leite sofre queda de 5,86 pp

“Permanecem firmes os investimentos em energia e logística. Rodovias, aeroportos e portos começam a se expandir e apontam para um crescimento”, explicou. Apesar de indicadores contraditórios, que indicam a queda do investimento no país, Coutinho diz que as empresas mantiveram seus planos.

Em 2013, segundo o banco, os desembolsos na área de infraestrutura corresponderam a cerca de um terço dos financiamentos. Este ano, a instituição promete divulgar as informações oficiais em breve.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.