Favorito a levar o título da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Kitesurfe, o atual campeão Set Teixeira teve que se contentar com um quinto lugar, no domingo, nas águas da Praia de Itaqui, em Luís Correia, litoral do Piauí. A tímida colocação, contudo, não é motivo de desanimação. Pelo contrário, a eliminação precoce antes das semifinais serviu de alerta para o circuito mundial da modalidade, que acontece em Barra Grande (PI), no mês de setembro.

– O evento foi bem legal, mas o vento não ajudou os atletas, principalmente eu que sou acostumado a treinar no meu pico. Isso serve de atenção para as próximas etapas, além de treinar mais do que fiz para a primeira. Agora é pensar no Mundial, muito importante, em Barra Grande. Tenho um mês de preparação – analisa Set Teixeira.

Leia também:  Adversário do União aposta em retrospecto do Mineiro, no Pato Loco e em ex-meia do Santos

Aos 18 anos, Set Teixeira encontra inspiração na Praia do Cumbuco, uma das mais frequentadas do Ceará, para elaborar as manobras do freestyle. São duas a três horas em cinco dias da semana dedicados exclusivamente a sua paixão: o kite.

– O kitesurfe no Brasil vem crescendo, melhorando cada vez mais. Por isso, treino cada vez mais. Agora é ter mais foco – completa.
Com a quinta colocação em Luís Correia, Set somou 680 pontos no circuito brasileiro. Por enquanto, a liderança é do cearense Carlos Mário, vencedor do torneio no Piauí. Pelo calendário da confederação, a previsão é de etapas do nacional no Maranhão e Ceará.

 

Leia também:  Brasil joga primeira partida do Grand Prix em Cuiabá
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.