O Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinou a exoneração de 176 Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e 130 Agentes de Endemias de Rondonópolis ainda durante a 1ª quinzena de setembro.

Marina Lara, presidente do Sindicato Regional Rondonopolitano de Agentes Comunitários de Saúde (SIRRACS), explicou que para o TCE os profissionais estão atuando, porém não passaram pelo processo seletivo, o que motivou o pedido de demissão dos profissionais.

Contudo a sindicalista argumentou que no caso dos ACSs, todos passaram pelo seletivo, mas que será encaminhado todos os documentos comprobatórios para o Tribunal. Contudo nem todos os agentes de endemias vivem a mesma realidade e terão que passar pelo exame.

Caso a situação não seja resolvida a município poderá deixar de receber alguns recursos do Governo Federal.

Leia também:  Grupo define primeiras ações para retomada dos hospitais regionais
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.