O ex-prefeito de Rondonópolis Adilton Sachetti (PSB) deixou a coordenação geral da candidatura do senador Pedro Taques (PDT) e agora irá avaliar. A mudança foi motivada pela ida do vice-prefeito Rogério Salles para a disputa ao Senado.

Sachetti em conversa com o site AGORA MT afirmou que ainda pretende fazer uma avaliação para saber se é viável ou não ir para a disputa, já que todo um trabalho de campanha e montagem da equipe tem que ser feito. Ele afirmou ainda que na próxima semana deve confirmar ou não sua candidatura.

Quem irá assumir a coordenação da campanha é o prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT), que já estava ajudando Adilton.

Leia também:  População define infraestrutura como prioridade nos debates da LDO
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.