“Pedimos a todos que colaborem, agindo com consciência ambiental e respeito pelo outro”. A preocupação é do secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Sorriso, Afrânio Migliari, ao alertar a população para os focos de queimadas urbanas e rurais durante o período de estiagem. Afrânio salienta que ao identificar focos ou receber denúncias, a equipe da SAMA tem visitado os locais com focos de incêndio para a realização dos trabalhos de monitoramento e aplicação de multas.

De acordo com o secretário, a multa é aplicada ao proprietário da área, mesmo quando o fogo tenha sido provocado por terceiros, “daí a importância de toda a população fiscalizar, pois os valores aplicados em multa apresentam variação de R$ 5 mil a R$ 300 mil, dependendo do tamanho da área queimada e do perfil ambiental”, explicou.

Leia também:  Saúde foca em realização de novo concurso

Até o momento, mais de 20 multas foram expedidas com valor médio de R$ 30 mil, lembrando que os valores apresentam variações de acordo com as situações citadas.

Para aperfeiçoar o trabalho de monitoramento dos focos, a SAMA disponibilizou a população dois números para recebimento e apuração de denuncias: (66) 9996-3713 e (66) 9996-3743 ambos com funcionamento 24 horas.

Em Mato Grosso, no período de 1º de janeiro a 19 de agosto, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), detectou 10.159 focos de incêndio. Já no período de janeiro a 31 de agosto de 2013, 5.266 focos haviam sido registrados, totalizando 17.823 registros em todo o ano anterior.

Recomendações para o período de estiagem

Leia também:  Inmet emite alerta de tempestade para 66 cidades de Mato Grosso

O Ministério da Saúde alerta à população para procedimentos básicos em períodos de estiagem, pois a incidência de casos de doenças respiratórias torna-se mais comum no período devido à baixa umidade do ar. Entre os cuidados básicos está a necessidade de ingerir mais água e frutas para evitar desidratação, além de evitar o uso de objetos que acabam acumulando poeira como tapetes e bichos de pelúcia e o uso de ar-condicionado que acaba ressecando o ar. Outra recomendação é para usar algodão e água esterilizada ao limpar os olhos, evitando irritações. Exercícios físicos no período das 11h às 17h, horário em que o ar está muito seco, também não são recomendados, conforme o MS.

Leia também:  Possíveis desastres naturais serão enviado via SMS para população de Mato Grosso
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.