Titular da Fórmula 1 desde 2007, Adrian Sutil resolveu engrossar o coro dos descontentes e criticou a escassez de testes de pista ao longo da temporada da principal categoria do automobilismo mundial. O alemão de 31 anos reclama que passa tempo demais no videogame, em vez de explorar as potencialidades do carro, e ainda recebe por isso. Para o piloto da Sauber, os competidores seriam beneficiados com mais atividades durante o campeonato.

– Nós passamos tempo demais no simulador. Bem, eu não. Eu gasto o meu tempo no Playstation! Dedico metade do meu tempo e ainda recebo dinheiro por isso, então é um pouco estranho. Deveríamos pilotar mais. Eu lembro de quando tínhamos os testes de pneus e mais oportunidades de avaliar o carro. As equipes gastavam mais dinheiro, mas era muito melhor para o piloto.

Leia também:  1º Campeonato de Futebol Amador é suspenso temporariamente

Atualmente, a Fórmula 1 possui três baterias de testes na pré-temporada, com quatro dias cada, e quatro sessões de testes com dois dias cada, na terça e na quarta-feira, após determinados GPs. Sutil acredita, no entanto, que a programação ainda é insuficiente para que os pilotos, principalmente os novatos, possam acumular uma boa quilometragem durante o campeonato.

– Seria bom ter mais testes ao longo da temporada. Às vezes eu acho que não estamos pilotando o suficiente, é praticamente apenas as corridas. Você faz os treinos livres, o classificatório e é isso. Especialmente para os novatos, eu acho que esse não é o caminho certo. Se você pudesse testar, poderia consertar os erros cometidos, fazer diferente no dia seguinte e ir muito mais rápido.

Leia também:  Cuiabá Arsenal encara último rival da 1ª fase do brasileiro

Sutil poderá continuar jogando “F1” e outros títulos de corrida em seu Playstation até o próximo dia 22, quando as tradicionais férias de meio de ano da categoria chegam ao fim, com os primeiros treinos livres para o GP da Bélgica. A TV Globo exibe a corrida do tradicional circuito de Spa-Francorchamps ao vivo, no domingo, 24 de agosto, às 8h35 (de Brasília), e o GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.