O candidato a deputado estadual Zé Carlos do Pátio (SD) teve seu registro de candidatura deferido na manhã desta segunda-feira (18) pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O candidato teve o mandato cassado em 2012 quando era prefeito de Rondonópolis.

O deferimento acabou surpreendendo alguns políticos que já davam por certo a impugnação da candidatura de Zé. Ele foi cassado na época por gastos ilícitos na candidatura de 2008 por distribuir camisetas juntamente com a vice Marília Salles (PSDB).

Os juízes por unanimidade não seguiram o parecer do Ministério Público Eleitoral, que havia recomendado a aprovação “sob condição” devido ao processo que o mesmo responde no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Porém o delator e os demais votou pela aprovação já que ele possui uma liminar do próprio TSE até que os processos sejam julgados.

Leia também:  Vereadores vão tentar alternativas com diretoria do Sanear

O suplente de deputado Gilmar Fabris (DEM) que também teve o mandato cassado em 2012 por irregularidades na prestação de contas de campanha em 2010 também teve a candidatura deferida.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.