A falta de chuva no estado de Mato Grosso – MT começa a refletir diretamente no total abatido no estado. No mês de agosto/14 foram para a linha de matança 452,28 mil cabeças, um número 9,33% menor na comparação com julho/14. As informações são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

De acordo com a pesquisa duas razões explicam essa queda, a primeira está na redução do abate de fêmeas, foram 38,71% mil cabeças a menos em relação a julho/14, é o menor número deste ano, o segundo motivo é justamente a falta de chuvas, que afetou diretamente os pastos, diminuindo, assim, a oferta de gado proveniente deste.

Assim os economistas do instituto concluem que o preço, que está atingindo patamares históricos, não está sendo pressionado somente pela demanda externa, que se mantém firme, mas também pela oferta, que está cada vez menor.

Leia também:  Confira as vagas de emprego desta segunda (13/11/17) em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.