O maior crescimento mensal na atividade econômica desde junho de 2008 (3,32%) foi registrado este ano após dois meses de retração. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) teve crescimento de 1,5%, em julho. Em junho, a queda ficou em 1,51% e, em maio, em 0,46%. Os dados foram divulgados hoje (12) pelo Banco Central (BC).

Ainda conforme os dados sem ajuste para o período, em relação a julho de 2013, houve expansão de 5,28%.

De janeiro a julho, a atividade econômica ficou praticamente estável, com crescimento de 0,07%. Em 12 meses encerrados em julho, a expansão ficou em 1,14% (dado ajustado para o período).

Leia também:  Dólar abre em queda e bolsa de valores em alta

IBC-BR

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira que antecipa o resultado do Produto Interno Bruto (PIB). O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.