O ex-candidato ao Governo de Mato Grosso e atual deputado José Riva (PSD) não é o 1º candidato desta eleição a ser barrado pela ‘Lei da Ficha Limpa’ e colocar a esposa no lugar. Em Roraima, o ex-governador Neudo Campos (PP) também teve a mesma manobra política.

Neudo Campos renunciou na sexta-feira (12) e colocou a mulher Suely Campos (PP), que já foi deputada federal e vice-prefeita de Boa Vista (RR), na disputa pelo cargo. O ex-governador foi condenado pelo Tribunal Regional Federal (TRF) por peculato e pelo Tribunal de Contas por não prestar contas da construção de um anel viário inacabado.

Riva, que é apontado como o ‘maior ficha suja do país’ por responder por mais de cem processos indicou a esposa, Janete Riva (PSD), que nunca foi candidata e ocupou o cargo de secretária estadual de cultura.

Leia também:  Clima fica tenso e senadores do PMDB trocam alfinetadas em redes sociais

Ela que é proprietária rural já foi acusada de submeter os funcionários ao trabalho escravo. Janete também foi presa em 2010 na Operação Jurupari deflagrada pela Polícia Federal.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.