Abaixo assinado contra a operadora vivo na Praça Brasil  01Cerca de 1000 assinaturas foram coletadas durante o abaixo-assinado contra a má qualidade da telefonia móvel em Rondonópolis, um problema que vem sendo enfrentado a muito tempo pelos clientes.

As assinaturas que foram colhidas em vários pontos da cidade serão entregues hoje (11) ao Ministério Público Federal (MPF) juntamente com o procedimento preparatório que tem como objetivo reforçar o inquérito civil que já está em andamento sobre a deficiência do sinal das telefonias.

De acordo com o advogado Antônio Roberto, o abaixo-assinado teve muita receptividade por conta da população que demonstrou sua insatisfação em relação ao sinal da telefonia móvel. “Acredito que se tivéssemos mais tempo, conseguiríamos colher até 15 mil assinaturas. A população realmente está revoltada” diz o advogado.

Leia também:  Atacadão confirma data de inauguração em Rondonópolis

Ainda conforme Antônio, representantes da operadora Vivo já entrou em contato com o MPF e ainda este mês será realizada uma reunião entre os representantes de todas as operadoras, a promotoria, MPF e órgãos competentes ao caso.

Independentemente da ação que está sendo desenvolvida contra as telefonias, os clientes insatisfeitos podem entrar com uma ação particular contra a operadora que estiver trazendo insatisfação, explica Antônio.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.