Funcionários usaram trajes preto durante a mobilização - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORAMT
Funcionários usaram trajes preto durante a mobilização – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORAMT

A Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis aderiu ao “Dia Nacional de Luto pela Crise das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos” realizado em todo o país nesta quinta-feira (25). Os funcionários da casa de saúde estavam todos vestidos de preto, com exceção dos enfermeiros cujo o branco é indispensável, devido ao movimento.

O intuito da mobilização é alertar a sociedade quanto ao subfinanciamento do Sistema Único de Saúde (SUS) e o crescente endividamento das instituições filantrópicas, um problema enfrentado há anos pelas.  Mais de 2.100 instituições em todo país aderiram ao movimento.A dívida a nível nacional das Santa Casas e entidades filantrópicas é de mais de R$ 15 bilhões.

Leia também:  Samu inaugura nova central de regulação nesta quinta (17)

Na Santa Casa de Rondonópolis mais de 37 mil atendimentos foram realizados desde 1º de janeiro até 24 de setembro.  O déficit bancário, em média, da casa de saúde está em R$ 1,4 milhões, de acordo com o sistema financeiro.

A administradora da Santa Casa de Rondonópolis, Maria Marleide Narciso - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
A administradora da Santa Casa de Rondonópolis, Maria Marleide Narciso – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Segundo a administradora da Santa Casa de Rondonópolis, Maria Marleide Narciso, a ideia é mostrar aos governantes a situação em que a instituição se encontra.

“O que a gente recebe do SUS mal dá parar arcar com os custos, quem ajuda no equilíbrio da Santa Casa são os parceiros com as doações,” ressaltou a administradora.

A administradora ainda explicou que diferentemente do que ocorreu em outras Santa Casas, onde os procedimentos eletivos foram suspensos, no município todos os serviços estão sendo realizados na unidade de saúde. “É preciso prestar assistência ao paciente,” esclareceu.

Leia também:  CONPeduc 2017 discute educação e política

Diante da mobilização, os funcionários aguardam uma resposta perante a situação enfrentada pela Santa Casa, caso não haja retorno dos representantes, os funcionários vão aguardar o próximo passo da mobilização que será comunicado pela Federação Nacional.

Mais de 37 mil procedimentos são realizados por mês através do SUS na unidade de saúde segundo informou a administradora.

No Mato Grosso, a rede de Santas Casas e Hospitais Filantrópicos é composto por 17 casas de saúde, detentoras de mais de 1,5 mil leitos do SUS no Estado.

Confira os dados de atendimentos na Santa Casa de Rondonópolis de 1º de janeiro a 24 de setembro de 2014.

Procedimentos | Atendimento SUS

Leia também:  Atacadão deve reinaugurar nos próximos dias em Rondonópolis

Ambulatório de Média Complexidade: 27.960 atendimentos

Ambulatorial Alta Complexidade: 3.186 atendimentos

Obstétrico: 3.136 atendimentos

Cirúrgico: 1.120 atendimentos

Pediátrico: 459 atendimentos

Clínico: 1.413

Total: 37.274 atendimentos

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.