“Conheço os problemas do distrito industrial José de Alencar, de perto, também sou empresário e prezo pelo desenvolvimento de nossa cidade, jamais promoveria uma mudança na Lei que não viesse ao encontro das necessidades de todos.”- destacou em tribuna o presidente da Câmara de Vereadores de Primavera do Leste, Estaniel Pascoal. Durante a última sessão na noite de segunda feira (08), ao ser questionado em relação ao Projeto de Lei Projeto 533º, que estipula critérios à construção de moradias nos distritos Industriais do município.

No decorrer da sessão os empresários do distrito, lotaram o plenário com faixas  em  forma de  protesto, em discussão estava a  nova  redação do artigo 92 da Lei Municipal nº 1000 que  vigora  desde 2007 onde estipula: “Fica  Proibido a  construção de moradia num raio de  2km da  Zona Exclusivamente Industrial, e  1km da Zona Industrial.”

Leia também:  Vereador Thiago Silva acompanha recuperação de ruas e avenidas

O presidente da Casa apresentou a todos a modificação promovida através do Projeto de Lei 533º, “Com a aprovação do Projeto será acrescentada a seguinte redação: salvo se existir outros loteamentos próximos, em um raio de  até 1.500 (um mil e quinhentos) metros do local do empreendimento que se  pretenda” explicou Pascoal.

Ao ser questionado em relação   a  citação do condomínio Belvedere e também do hotel, empreendimentos  em andamento na região, o presidente da  casa, alegou que são apenas exemplos, “ Apresentei a  alteração após conversar com moradores  e  empresários que  receberam alvará  de construção em gestões  anteriores e agora correm o risco de  terem  suas obras embargadas e construções destruídas.”- justificou, o presidente que aproveitou o ensejo para  também comunicar a  todos que nos próximos dias  será  convocada  uma audiência, com Ministério Público, executivo e ACIPLE afim de solucionar definitivamente o problema.

Leia também:  Jovem é detido por envolvimento com tráfico de drogas em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.