A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) divulgou nesta sexta-feira o calendário da temporada 2015 da Fórmula 1. No último fim de semana, durante o GP da Itália, a entidade já tinha distribuído às equipes uma lista provisória, que sofreu pequenas alterações. O calendário definitivo foi aprovado no Conselho Mundial de Esporte a Motor, realizado em Pequim, China.

Em comparação com a versão repassada aos times em Monza, as mudanças ficam por conta da inversão entre o GP dos Estados Unidos e o GP do México, que serão realizados 25 de outubro e 1º de novembro, e a definição das datas do GP do Japão, 29 de setembro, e do GP de Abu Dhabi, que encerra a temporada dia 29 de novembro. Havia a possibilidade da prova em Suzuka ser realizada em 4 de outubro e a corrida nos Emirados Árabes, em 22 de novembro.

Leia também:  Academia é destaque em competição em Minas Gerais

Assim como nesta temporada, o GP do Brasil, em Interlagos, será a penúltima etapa do campeonato e será disputada no dia 15 de novembro. Este ano, a etapa brasileira está marcada para 9 de novembro. Como nos últimos quatro anos, a Austrália será o palco de abertura, dia 15 de março. A única estreia fica por conta do GP do México, que receberá uma corrida da principal categoria do automobilismo após um hiato de 23 anos. Com o acréscimo da etapa mexicana, a F-1 voltará a ter 20 etapas, algo que só ocorreu uma vez na história, em 2012.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.