Giovanni Soldado defendeu seu cinturão do peso-mosca (até 57kg) no Coliseu Extreme Fight 11, neste sábado, em Arapiraca (AL), ao bater Gilberto Cangaceiro por decisão unânime dos juízes. O campeão foi superior na maior parte do combate, mas precisou se livrar de um katagatame encaixado no último round para sair vencedor e manter o título da categoria sob seu domínio.

Quem também se destacou no card principal do evento foram os lutadores Zeca Predador, Jeferson Pitbull e Diogo Fofão. Predador finalizou Walison Pereira no primeiro round com uma guilhotina, pelo coevento principal do torneio. Pitbull também usou a arte suave para sair com o triunfo sober sobre Thayã Paulino de Almeida, no primeiro assalto, com um mata-leão. Já Fofão precisou de apenas 32 segundos de combate para nocautear Anderson Falamansa.
Das duas lutas do card preliminar, o destaque ficou com Leandro dos Santos, que nocauteou Anderson Samurai no segundo round.

Leia também:  Luverdense fica no empate com o Paraná

Confira os resultados do evento:
Coliseu Extreme Fight 11
06 de setembro, em Arapiraca (AL)
CARD COMPLETO
Giovanni Soldado venceu Gilberto Cangaceiro por decisão unânime
Zeca Predador venceu Walison Pereira por finalização aos 2m22s do R1
Luciano Palhano venceu Roniele Blindado por decisão unânime
Janio Vitamina empatou com Alessandro Miudinho
Jeferson Pitbull venceu Thayã Paulino de Almeida por finalização aos 3m47s do R1
Otávio Besouro venceu Pedro Gomes por decisão dividida
Diogo Fofão venceu Anderson Falamansa por nocaute aos 32s do R1
Marcone Muniz venceu João Paulo Morfeu por decisão unânime
Leandro dos Santos venceu Anderson Samurai por nocaute técnico aos 3m47s do R2
Ítalo Ribeiro venceu Ricardo Rodriguez por decisão unânime

Leia também:  União faz neste sábado primeiro jogo da final do sub-19

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.