A candidatura ao Governo de Janete Riva recebeu ontem o aval do procurador regional eleitoral Douglas Guilherme Fernandes que manifestou-se favorável ao deferimento do registro para a campanha de 2014. O parecer do Ministério Público Eleitoral foi encaminhado na noite desta terça-feira (23) ao relator do processo, Agamenon Alcântara Moreno Júnior.

Como não há impedimento legal e nem contestações das coligações adversárias, o magistrado poderá proferir decisão monocrática ainda hoje ou inserir o processo na sessão de quinta-feira (25).

Mesmo que a decisão seja monocrática, deverá ser referendada pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral. Janete deu entrada no pedido de registro de candidatura no dia 15, após o marido, deputado José Riva (PSD), ser considerado ficha-suja pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Leia também:  Afastado do Senado, Aécio teve salário suspenso e perdeu carro oficial

Janete não possui condenação na Justiça, mas foi presa durante a operação Jurupari e responde a processo por crime ambiental. Com apenas 11 dias para eleição, a expectativa fica em torno da arrecadação.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.