Lourdes Farias mostrando o banheiro com o lixo - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Lourdes Farias mostrando o banheiro com o lixo – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Já fazem pouco mais de dois meses que os funcionários e pacientes do Pronto Socorro (PS) da Vila Goulart sofrem com o mau cheiro da instituição, em Rondonópolis. O lixo hospitalar não está sendo coletado e sem ter onde colocar, os funcionários amontoam dentro do banheiro que seria de uso dos pacientes.

De acordo com a agente administrativa do PS, Lourdes Farias, tem dias que passam pelo local de atendimento mais de 20 pacientes que são obrigados a conviver com o mau cheiro.

Na instituição trabalham duas funcionárias, e para tentar amenizar o odor colocam o lixo em vários sacos plásticos. “Já tentamos essa estratégia para ver se o mau cheiro abafa, mas de nada adianta” diz Lourdes. Ainda conforme a agente administrativa, além do PS Goulart outras unidades de saúde passam pelo mesmo problema.

Leia também:  Rondonópolis | MPT divulga edital para cadastro de entidades que poderão ser beneficiadas com destinações

 NOTA SECRETARIA DE SAÚDE

Para resolver com rapidez o problema com o recolhimento do lixo hospitalar em Rondonópolis, o Município procederá com um processo de dispensa de licitação para contratação de uma empresa que realize a coleta do lixo hospitalar. O processo deve estar resolvido até a próxima semana.

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.