Profissionais da saúde, usando roupa protetora, trabalham em centro do Médicos sem Fronteiras em Monróvia, na Libéria, nesta sexta-feira (26) (Foto: AFP Photo/Pascal Guyot)
Profissionais da saúde, usando roupa protetora, trabalham em centro do Médicos sem Fronteiras em Monróvia, na Libéria, nesta sexta-feira (26) (Foto: AFP Photo/Pascal Guyot)

O número de mortos pela epidemia de ebola na África Ocidental chegou a pelo menos 3.091, de um total de 6.574 casos prováveis, suspeitos e confirmados da infecção. A informação foi divulgada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira (26).

Só a Libéria já registrou 1.830 mortes, quase três vezes mais do que Guiné e Serra Leoa, os outros dois países mais afetados pela doença, de acordo com as informações da OMS.

A Nigéria e o Senegal, as duas outras nações que tiveram casos confirmados de ebola na região, não tiveram o registro de novos casos ou mortes.

No balanço anterior, divulgado nesta quinta-feira, a OMS disse que 2.917 pessoas tinham morrido de ebola dentre 6.263 casos em cinco países do oeste africano afetados pela doença, até 21 de setembro.

Leia também:  Assassino que matou 58 pessoas e deixou mais de 500 feridos não tinha antecedentes criminais
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.