Campeão mundial nos 50m borboleta de piscina curta em 2012 e bicampeão Pan-Americano no revezamento 4×100 livre em 2007 e 2011, o nadador Nicholas Santos, de 34 anos, confia no nome de Matheus Santana para disputa de medalhas nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. Os dois fazem parte da equipe da Unisanta de natação que disputou o Troféu José Finkel, em Guaratinguetá, no último fim de semana.

Nicholas, que é companheiro de quarto de Matheus durante as competições, ressalta que o jovem, de 18 anos, ainda precisa de alguns ajustes no modo de nadar para estar entre os melhores do mundo, entretanto acredita que o atleta será um dos favoritos na prova dos 100m livre nas Olimpíadas.

Leia também:  Cuiabana sobe pódio do xadrez no nacional dos 'Jogos Escolares'

– Somos muito amigos e, sinceramente, não sei até onde ele pode chegar. Ele tem muita coisa para melhorar por causa da idade, mas está em um nível alto onde ajustes pequenos resolvem. Vejo o Matheus como favorito, sem dúvida, apostaria nele. Acredito que conseguirá baixar o tempo dele para 46s. Ele pode se desenvolver muito ainda – avisa.

O atleta explica que a experiência de ter competido com a geração de nadadores como Gustavo Borges e Fernando Scherer, além de ter visto de perto as conquistas de César Cielo, faz com que ele passe um pouco de tranquilidade para Matheus durante as competições.

– Ter competido diretamente com o César me ajudou muito e aprendi bastante. Com isso, consigo passar um pouco da experiência e dar alguns toques para o Matheus – finaliza.

Leia também:  Cuiabá anuncia atacante Adalgiso Pitbull; atleta jogou série B pelo Criciúma

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.