O programa eleitoral desta segunda-feira (08.09) do líder da oposição, Pedro Taques (PDT-MT), foi dedicado ao setor da educação e aos compromissos firmados pelo candidato ao governo para reverter os índices negativos em Mato Grosso. “O nosso governo será sério, transparente e honesto”.

De acordo com o pedetista, a atual situação da educação não é motivo de orgulho. Dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) mostram que o setor no Estado é o segundo pior se comparado ao restante do país. A posição ocupada no ranking é 24º.

Na visão de Pedro Taques, os índices só mostram que o modelo de loteamento político do atual governo estadual fracassou. Ele garantiu que em sua gestão não permitirá que a educação seja usada como moeda de troca para acordos políticos. “Não vamos aceitar que um partido político fique colocando amiguinhos nos principais cargos”.

Leia também:  Presidente da Câmara de Rondonópolis participa de Sessão Especial em Itiquira

Para a professora Carla Barros, o descaso com a área essencial se deve à negligência do atual governo. “A gente vê o governo montando programinhas e colocando todas as sujeiras para debaixo do tapete. Isso é brincadeira de mau gosto”, afirmou no horário eleitoral.

Maicon de Lima Alves, de 17 anos, vai votar pela primeira vez neste ano. No programa eleitoral garantiu que já decidiu votar em Pedro Taques. “Se eu tenho a oportunidade de votar, eu tenho a oportunidade de ajudar a melhorar o nosso país. Eu sei que ele é honesto e que vai fazer diferença no nosso Estado”.

Compromissos – Como compromissos para a área da educação, o candidato do PDT assegurou que irá superar o déficit de 900 professores com a realização de concurso público, além de melhores salários e melhores condições para os profissionais do setor.

Leia também:  Deputado solicita que R$ 2 milhões do duodécimo seja destinado Instituo Lions da Visão

O líder da oposição se comprometeu a ampliar a oferta de vagas na Educação Integral, com espaço para a prática esportiva e de inclusão digital. Também irá implantar o programa Escola com Saúde, no qual o Estado transferirá mensalmente verbas para as cidades para contratação de equipe multidisciplinar composta por psicólogos, dentistas, médicos, assistente social e nutricionistas.

Para a Unemat, os compromissos são implantar um campus em Várzea Grande, segundo maior município do Estado, e outro na Grande Morada da Serra, em Cuiabá, além de reestruturar o curso de medicina em Cáceres.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.