25 serão presos por fraudes pela
25 mandados são de prisão temporária, sete de buscas e apreensão e duas conduções coercitivas – Foto: Assessoria / Polícia Civil

Estão sendo cumpridas, na manhã desta segunda-feira (15), 34 ordens judiciais pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Fazendária (Defaz), na operação “Alexandria”. Dentre as 34 ordens judiciais são 25 mandados de prisão temporária, sete buscas e apreensão e duas conduções coercitivas.

As investigações que estão sendo conduzidas pelo delegado Gianmarco Paccola apuram fraudes em projetos culturais, na Secretaria de Estado de Cultura do Estado e na Secretaria de Cultura de Cuiabá. Foram identificadas 49 irregularidades em mais de 541 projetos analisados referentes aos anos de 2012, 2013 e 2014.

Os mandados estão sendo cumpridos nas residências dos alvos investigados na operação. As pessoas investigadas vão responder por crimes de bando ou quadrilha, peculato desvio,ameaça, crime contra fé pública e lavagem de dinheiro. Não serão feitas buscas em órgãos públicos.

Leia também:  PRF apreende mais de 8Kg de maconha com passageiro em ônibus na BR-364

Uma investigação foi iniciada após uma denúncia da Secretaria de Cultura do Estado de Mato Grosso, no mês de abril e foram apuradas as fraudes e desvios de recursos obtidos através do Programa de Apoio à Cultura (PROAC) do órgão público. Ao todo foram analisados 541 projetos culturais.

O delegado Gianmarco Paccola, responsável pela investigação, repassará mais detalhes da operação “Alexandria” na tarde de hoje (15), às 14h30, na sede da Diretoria Geral da Polícia Civil, na Avenida Coronel Escolástico, em Cuiabá.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.