cidade-de-poxoreu

A iluminação pública da Vila Irantinópolis em Poxoréu deve ser restabelecida pelo grupo Energisa, antiga Centrais Elétricas Mato-grossenses (Cemat), ainda esta semana. A informação foi repassada pela assessoria da empresa em entrevista ao Site AGORA MT.

Conforme informou em nota, a energia nos postes será religada para que a população não seja prejudicada. Após isso, o Paço Municipal deverá ser notificado pela empresa.

O corte feito pela Energisa foi uma forma de ‘prensa’ na gestão local, já que cabe ao município fazer a manutenção, ou seja, não deixar lâmpadas acesas o dia inteiro, nem deixar lâmpadas queimadas, como vem acontecendo em Poxoréu.

Ainda de acordo com a nota, caso a Prefeitura não volte a dar manutenção, o grupo prometeu cobrar interinamente a conta pública, isto é, o Executivo deixará de pagar apenas as 8h diárias para pagar 24h.

Leia também:  Cerca de 126 mil candidatos realizam o 2º dia de provas do ENEM

OUTRO LADO

O chefe de gabinete Jailton Xavier explicou que a manutenção está acontecendo gradativamente e que isso não é motivo para suspender a iluminação.

“A Cemat não tem que preocupar com manutenção, fizeram errado em não nos notificar. Poderíamos entrar com uma ação judicial mas não vamos fazer isso pelo bom relacionamento”, desabafou.

Jailton também destacou que o corte não foi feito por falta de pagamento e que a suspensão partiu de denúncia de moradores. “Foi falado na Câmara que a iluminação foi cortada por falta de pagamento, o que não é verdade já que a dívida é debitada em conta. Até a despesa de gestões passadas estamos pagando”, explicou.

Leia também:  Seplan divulga boletim sobre cenário econômico de Mato Grosso

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.