Na próxima terça-feira (30), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) promoverá rodada de análise e julgamento das propostas para os lotes oferecidos na licitação da faixa de 700 MHz. Nesta semana, as empresas Algar, Claro, Telefônica e Tim entregaram os documentos de identificação e habilitação, assim como as propostas de preços e as garantias de manutenção dos serviços.

Com a utilização da faixa de 700 MHz, será possível levar telefonia móvel de quarta geração e internet em banda larga de alta capacidade inclusive às áreas rurais a um custo operacional mais baixo, uma vez que essa faixa é ideal para a cobertura de grandes distâncias. Atualmente, o 4G no Brasil é prestado na faixa de 2,5 GHz.

Leia também:  Famílias do DF são autorizadas plantar maconha para cura de doenças

A Anatel propõe a licitação de blocos de 10 MHz cada, em primeira rodada, cabendo aos vencedores arcar com os custos das medidas necessárias para a superação de eventuais interferências prejudiciais em relação à TV Digital, bem como com aqueles decorrentes da redistribuição dos canais de TV e RTV (retransmissoras).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.