A empresa responsável pela construção do Residencial Magnólia I e II finaliza o laudo de vistoria das casas, que estavam invadidas ainda, esta semana, o que permitirá que, em no máximo 60 dias, as unidades habitacionais já estejam com os reparos necessários das avarias concluídos. Depois disso, é somente aguardar a definição da Caixa Econômica Federal – CEF, quanto à data de entrega das casas.

Conforme o secretário Municipal de Habitação e Urbanismo, Roberto Carlos Correa de Carvalho, a parte que cabe à Prefeitura, em relação às unidades habitacionais, já está resolvida. “O habite-se já está pronto e os dossiês com as documentações das pessoas cadastradas estão na Caixa para passarem pela última análise”, explica o secretário.

Leia também:  Novo convênio garante descontos diferenciados para associados ACIR

A expectativa do secretário é que a entrega das 560 unidades habitacionais do Residencial Magnólia I e II ocorra em curto prazo de tempo, assim como a entrega do Residencial Dona Fiúca, que conta com 200 casas e está sendo finalizado.

O Residencial Dona Fiúca é localizado ao lado do Magnólia I e II e será habitado por famílias que vivem em áreas de risco ou em Áreas de Proteção Permanente – APPs.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.