O fim de semana foi movimentado no mundo do MMA, com eventos em todas as principais organizações do esporte. Os brasileiros tiveram destaque na maioria deles: além do título conquistado por Adriano Moraes no One FC e do UFC em Brasília, Alexandre Pantoja disputou cinturão no Ressurrection Fighting Alliance (RFA) e Marlon Moraes esteve no evento principal do World Series of Fighting (WSOF). Ambos saíram de suas lutas com vitórias por finalização no segundo round.

Ex-campeão peso-mosca do Shooto Brasil, o fluminense Alexandre Pantoja também tomou o cinturão da categoria no RFA na sexta-feira à noite, em Albuquerque (EUA), com uma grande atuação contra o americano Matt Manzanares, detentor anterior do título. No primeiro round, Manzanares levou a melhor na trocação e acertou um upper que deixou Pantoja em perigo de ser nocauteado. Contudo, o brasileiro impôs seu jiu-jítsu no segundo período e finalizou com um mata-leão. Manzanares não bateu e o árbitro encerrou a luta aos 2m38s, com o americano apagado pelo estrangulamento. Confira os resultados completos do RFA 18:

RFA 18
12 de setembro de 2014, em Albuquerque (EUA)
CARD DO EVENTO
Alexandre Pantoja venceu Matt Manzanares por finalização aos 2m38s do R2
Abel Cullum venceu Ulysses Gomez por finalização a 1m29s do R1
Chidi Njokuani venceu Steve Hanna por decisão unânime
Brenda Gonzales venceu Heather Bassett por finalização aos 2m48s do R1
Mehdi Baghdad venceu Evan DeLong por nocaute a 1m55s do R1
Justin Linn venceu Adrian Cruz por nocaute técnico (interrupção médica) aos 22s do R1
Moraes vence mais uma no WSOF
Campeão peso-galo do WSOF, Marlon Moraes deveria defender seu cinturão pela primeira vez neste sábado, no evento realizado em Bethlehem (EUA), mas seu adversário original, Josh Hill, sofreu uma lesão e foi substituído por Cody Bollinger, lutador peso-pena, com pouco mais de uma semana de antecedência. Com isso, a luta foi disputada em peso casado de 66,7kg, cerca de 5,5kg acima do peso da categoria de Moraes.
A diferença de peso não fez diferença. O lutador friburguense dominou o combate tanto em pé quanto no chão, e conseguiu um estrangulamento saindo da montada lateral. Bollinger também não bateu e apagou, com 1m35s de segundo round. Outros brasileiros no card foram o peso-pena Luciano Cristovam, que derrotou Francisco Isata por decisão unânime na primeira luta, e Sidemar Honório, que bateu Matthew Lozano por nocaute técnico no terceiro round, quando seu oponente sofreu uma lesão e não teve condições de continuar. Confira os resultados completos do WSOF 13:
WSOF 13
13 de setembro de 2014, em Bethlehem (EUA)
CARD PRINCIPAL
Marlon Moraes venceu Cody Bollinger por finalização a 1m35s do R2
Ozzy Dugulubgov venceu Keon Caldwell por nocaute a 1m38s do R1
Timur Valiev venceu Isaiah Chapman por decisão unânime
Frankie Perez venceu Tom Marcellino por decisão unânime
CARD PRELIMINAR
Tenyeh Dixon venceu Emmanuel Walo por decisão dividida
Nick Browne venceu Sidney Outlaw por nocaute técnico aos 25s do R1
Katlyn Chookagian venceu Brigitte Narciase por nocaute técnico aos 38s do R3
Matt Secor venceu Brett Shoenfelt por finalização aos 4m31s do R2
Sidemar Honorio venceu Matthew Lozano por nocaute técnico aos 23s do R3
Luciano Cristovam venceu Francisco Isata por decisão unânime
Nenzão perde no Bellator
O Bellator 124 aconteceu em Plymouth (EUA) na sexta-feira, desta vez com apenas um brasileiro, Zeilton Nenzão, no card principal. O peso-galo da Nova União foi derrotado pelo americano LC Davis por decisão unânime dos juízes. A luta principal da noite destacou a primeira defesa do cinturão dos pesos-meio-pesados pelo campeão Emanuel Newton. Ele não decepcionou e nocauteou o ex-UFC Joey Beltran com um soco rodado, mesmo golpe com o qual despontou na organização e nocauteou King Mo Lawal em 2013. Confira os resultados completos do evento:
Bellator 124
12 de setembro de 2014, em Plymouth (EUA)

Leia também:  Brasil joga primeira partida do Grand Prix em Cuiabá

CARD PRINCIPAL
Emanuel Newton venceu Joey Beltran por nocaute aos 3m07s do R3
Liam McGeary venceu Kelly Anundson por finalização aos 4m40s do R1
LC Davis venceu Zeilton Nenzão por decisão unânime
Ryan Couture venceu John Schulz por finalização aos 3m01s do R1

CARD PRELIMINAR
Justin Jaynes venceu Reuben Baraiac por nocaute técnico aos 4m17s do R1
Eric Ramirez venceu Cortez Phelia por finalização aos 24s do R3
Jason Fischer venceu Tony Hervey por decisão unânime
Leroy Johnson venceu Adrian Henderson por decisão dividida
Mike Hernandez venceu Thomas Vasquez por decisão unânime
Sabah Homasi venceu Eric Moon por finalização a 1m07s do R2
Adrian Hadribeaj venceu Mike Hamida por decisão dividida

Leia também:  MT fatura ouro e prata na luta olímpica dos Jogos Escolares
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.