Faltam menos de 15 quinze dias para encerrar o prazo de recadastramento dos servidores públicos estaduais de Mato Grosso e mais de 14 mil ainda não fizeram o recadastramento que segue até o dia 30 deste mês. São 47.135 servidores públicos estaduais ativos, civis e militares, efetivos e comissionados do Poder Executivo que devem realizar a atualização cadastral.

Quem não se recadastrar corre o risco de ter o salário suspenso. O recadastramento, que começou em julho, serve para atualizar e controlar o cadastro dos funcionários públicos.

O objetivo da atualização é descobrir se existe funcionários que recebem salário, mas que não desempenham nenhuma função. Até mesmo se tem servidor que já faleceu recebendo salário.

Leia também:  Mato Grosso lança projeto de PPP em tempo recorde

CADASTRO

Ao proceder a atualização, o servidor deve ter em mãos, seus documentos pessoais, número do CPF dos pais e dados do cônjuge e dependentes. Também são pedidos os certificados dos cursos de capacitação, de formação escolar e acadêmica. O cadastro deve ser atualizado via site da Secretaria de Estado de Administração.

Os servidores que ingressaram no estado no segundo semestre deste ano não precisam fazer o recadastramento.

Advertisements
COMPARTILHAR
Artigo anteriorBobó de frango com batata
Próximo artigorio

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.