Vários disparos de arma de fogo foram efetuados na tarde de ontem (31) por Walisson Oliveira Duarte, 28 anos, em um clube na zona rural de Rondonópolis. Oito cápsulas de munições deflagradas, calibre 380 foram encontradas pelos policiais. De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), um policial que estava de folga e se encontrava no clube, havia sido agredido após tentar conter Walisson.

O soldado relatou que havia escutado vários disparos na direção do quiosque do clube, momento em que as pessoas começaram a correr no sentido contrário.Após as munições acabarem, o suspeito foi abordado e ordenado que colocasse a mão na cabeça pelo soldado porém este se recusou e pediu a um terceiro, que não foi identificado, que atirasse contra o policial.

Leia também:  Após fazer buraco em muro, quadrilha invade casa e aterroriza família

Momento em que Sandra Leandra Correa, 27 anos, atacou policial com um espeto de churrasco, e o feriu no rosto e no braço esquerdo. Em meio à confusão, os suspeitos fugiram do local. O proprietário do clube conseguiu pegar a arma do suspeito, porém informou ao policial que havia entregue para um funcionário que alegou ter devolvido o revólver para o suspeito.

A Polícia Militar foi acionada e esteve no local, diante dos fatos, o proprietário e o funcionário do clube foram encaminhados a 1ª Delegacia de Polícia para esclarecimentos. De acordo com informações, o suspeito Walisson é sócio-proprietário do clube.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.