Em evento para mais de duas mil pessoas no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, nesta terça-feira (16.09), o candidato a governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PDT)  apresentou os compromissos firmados com a população mato-grossense nas áreas de segurança e saúde.

O pedetista assegurou aos várzea-grandenses que um dos seus compromissos é fazer funcionar o Hospital Metropolitano do município. “Não podemos mais aceitar que uma unidade de saúde desse porte não ajude a desafogar os atendimentos concentrados no Pronto Socorro Municipal”, afirmou.

O senador Jayme Campos (DEM), uma das principais lideranças da cidade, reafirmou o apoio que tem dado à candidatura de Taques por entender que se trata do mais preparado para governar Mato Grosso. “Pedro é um homem corajoso, determinado. Eu me engajei na sua campanha certo de que, sendo eleito, o dinheiro público será bem aplicado”.

Leia também:  Audiência Pública discute regularização fundiária em Rondonópolis nesta quinta

O democrata ainda lembrou que Várzea Grande é um dos municípios mais violentos do Brasil e que as políticas para a segurança pública são fundamentais por esse motivo. “O Pedro é um candidato que tem proposta, que tem um futuro próspero como governador. Taques representa desenvolvimento e justiça social”, avaliou o senador.

SEGURANÇA – Na segurança pública, o candidato do PDT informou que tem como meta aumentar o efetivo de policiais com o objetivo de atender melhor os cidadãos. Lembrou ainda que é preciso investir em educação, em escolas atrativas, a fim de que as crianças e os adolescentes permaneçam longe do mundo do crime. “Lugar de criança é na escola e é papel do governo investir nessa área preventiva, que tem reflexos positivos a longo prazo”, disse Pedro Taques.

Leia também:  Vereador Thiago Silva participa de lançamento do programa Água para todos

Adilton Ferreira, motorista de ônibus do transporte público de Várzea Grande, é eleitor do pedetista. Na sua visão, Taques está pronto para colocar em prática as mudanças que o estado precisa. “Pedro vai mudar muita coisa que está errada. A violência está assolando Mato Grosso. Essa baixaria dos adversários é o grito de socorro de quem sabe que vai perder”.

Já o cabeleireiro Amildos dos Santos analisou que o atual governo está defasado e que o histórico de Taques no Senado mostra que é um homem de fibra e que representa o novo. O mesmo pensamento é o da cozinheira Terezinha Gomes, que sustentou torcer pelo sucesso do pedetista nas urnas por reconhecer que não irá se decepcionar com a atuação dele à frente do Executivo estadual.

Leia também:  Adonias convida diretoria da Energisa para explicações sobre quedas de energia

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.