Em busca de modernização da carreira de especialista, os técnicos do Banco Central (BC) fazem hoje (16) e amanhã uma paralisação. Os funcionários exigem nível superior em futuros concursos públicos para os cargos técnicos. Esta é a quarta vez no ano que esses profissionais se manifestam. Nas duas primeiras, em abril, a duração foi apenas de horas e, em maio, os profissionais cruzaram os braços.

O Sindicato Nacional dos Técnicos do Banco Central (Sintbacen) acreditam que   a mudança é necessária pois os cargos desenvolvem serviços de relevância estratégica para o BC.

O Sindicato argumenta que essa mudança de critério já ocorreu em outras carreiras, como a de Policial Rodoviário Federal, técnico da Receita Federal (atual analista tributário); da carreira de magistério, em nível federal, e, na carreira de policial militar e de bombeiro do DF.

Leia também:  Confira as vagas de emprego desta segunda (02/10/17) em Rondonópolis

Para o Sindicato dos Técnicos do Banco Central em Brasília, existem atualmente desvios de função no BC, com analistas exercendo as mesmas funções dos técnicos, mas com salário maior. Atualmente, os técnicos recebem 38% do salário dos analistas. Se for exigido nível superior o salário aumenta.

De acordo com o sindicato, a paralisação poderá afetar, por exemplo, a distribuição de dinheiro.

BANCO CENTRAL

Um banco central é uma entidade independente ou ligada ao Estado cuja função é gerir a política econômica, ou seja, garantir a estabilidade e o poder de compra da moeda de cada país e do sistema financeiro como um todo. Além disso tem como objetivo definir as políticas monetárias (taxa de juros e câmbio, entre outras) e aquelas que regulamentam o sistema financeiro local. O banco faz isso interferindo mais ou menos no mercado financeiro, vendendo papéis do tesouro, regulando juros e avaliando os riscos econômicos para o país.

Leia também:  Obras de construção treinam funcionários para combater o Aedes aegypti em GO
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.