A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) conquistou mais um prêmio na área da Comunicação. Desta vez, o acadêmico de Jornalismo do campus de Alto Araguaia, Ronaldo Borges, foi vencedor do prêmio Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (Expocom), na Universidade Dinâmica das Cataratas (UDC), em Foz do Iguaçu (PR). O prêmio faz parte da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), evento realizado entre os dias 1º e 05 de setembro.

Ronaldo venceu na Categoria Transdisciplinar, na modalidade Ensaio Fotográfico, com o trabalho ‘A terra dos esquecidos’. Com este trabalho, ele contabiliza sua segunda vitória em um evento nacional de comunicação, na mesma modalidade e categoria. No ano passado, o estudante concorreu com o trabalho ‘Os anônimos de Alto Araguaia’, passando primeiramente pela Edição Regional e, em seguida, para a Nacional na cidade de Manaus (AM).

Leia também:  Captação de leite registra queda de 10,3% em MT

Para Borges, participar deste evento enriquece o currículo e aumenta as experiências no campo jornalístico. “Somos um grupo de alunos com trabalhos excelentes, orientados por bons professores, por isso precisamos levar esses trabalhos para congressos como este. Ganhando ou perdendo, participar sempre é a melhor forma para ter experiência. O nosso maior prêmio foi termos chegado até aqui”, pontua o acadêmico.

Outros alunos que participaram foram Brenda Carvalho, Laura Ataídes e Cassiane Mews, todas do 8° semestre de Jornalismo, com o trabalho ‘Jornal Mural JornAia’. Elas concorreram na Categoria Jornalismo, na modalidade Jornal Mural. “Essa é a primeira vez que concorremos e já conquistamos um regional. Não ganhamos o nacional, mas considero que o maior ganho que tivemos com esse evento foi representar nossa universidade, ter contato com os mais diferentes estudantes e profissionais da comunicação ao agregar conhecimentos que levaremos para o resto da vida”, ressalta Brenda.

Leia também:  O fluxo de veículo na BR-163 terá aumento de 32% no feriado

Ambos trabalhos foram orientados e revisados por Lawrenberg Advíncula da Silva, professor de Jornalismo e coordenador-geral da revista científica Comunicação, Cultura e Sociedade (RCCS). Mesmo não podendo ir ao evento, o professor ressalta a importância da participação dos alunos. “Ser orientador desses trabalhos é uma honra, pois assim enfatizamos a responsabilidade e a interação entre acadêmico e professor”, diz.

Os professores da Unemat também marcaram presença na Intercom com submissão de trabalhos. A professora Rosana Alves apresentou o artigo ‘Técnica, estética, comunicabilidade, compartilhamento e sociabilidade no processo de experimentação da linguagem audiovisual’. O artigo tem por objetivo construir uma reflexão sobre como os jovens percebem o dispositivo móvel (celular), enquanto um meio que lhes permite construir uma linguagem própria em seus vídeos, servindo como um mediador. E o professor Ulisflávio Evangelista publicou o trabalho intitulado ‘A influência da narrativa telenovelística na construção histórica da sociedade brasileira’ no grupo de pesquisa de ficção seriada. “O evento é importante para aprimorar o diálogo nacional com a pesquisa na área da comunicação”, conclui.

Leia também:  Prefeitura de Nova Bandeirantes é alvo de operação da PC contra desvio de dinheiro público
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.