Volta dos DiamantesO domingo começou bem cedo para os praticantes de mountain bike, que saíram de Rondonópolis às 4h30 da manhã rumo à Poxoréu, na 6ª Volta dos Diamantes.  A prova teve 50 ciclistas inscritos, que praticam o esporte na cidade como lazer. Com poucas exceções, a maioria dos participantes aproveita as horas de folga para pedalar.

Wallison Barbosa é de Primavera do Leste, representa o Estado de Goiás na categoria mountain bike profissional e veio especialmente para a prova. “Além da aventura que é esse trajeto, já que são 135 quilômetros de estrada de terra, esse é um teste de resistência física. Os organizadores aproveitam também para trazer bikers de várias cidades, como de Primavera do Leste, Poxoreu, Cuiabá e Rondonópolis”.

As mulheres também foram representadas por um grupo grande e mostraram força durante o trajeto, que contou com equipes de apoio para distribuição de água e também para atendimento de primeiros socorros. Muitos bikers cumpriram parte do percurso, já que o sol forte e a poeira contribuíram para o desgaste ainda maior dos participantes.

Leia também:  “É necessário ser pai do seu filho antes que o traficante o adote”, diz participante do Proerd

Ester da Costa trabalha durante a semana e aproveita as noites e os fins de semana para pedalar. Com mais quatro colegas de aventuras em cima de uma bicicleta, ela venceu os primeiros 80 quilômetros. “Vale a aventura de um domingo diferente, vale a natureza dessa paisagem perfeita, mas é preciso respeitar os limites do corpo, por isso não pedalei até o final. Hoje foi um dia de muito calor e nosso organismo sofre demais. Mesmo assim, valeu a pena, foi uma experiência incrível e 80 quilômetros já foi um desafio”.

Com muitos obstáculos, a prova mediu a resistência com subidas pesadas de até 10 quilômetros. Muitos bikers ‘racharam’, na linguagem deles, ou pediram carona às equipes de apoio.

Leia também:  Secid discute projeto de revitalização com igreja, prefeitura e comunidade

Na chegada à Poxoreu, oito horas depois, os participantes, cansados, mas satisfeitos, festejaram o retorno da Volta dos Diamantes e já começam a programar a 7ª edição, com a promessa de atrair ainda mais bikers.

O veterano da turma Antonio Valdomiro de Souza, de 60 anos, mostrou muito preparo e energia durante a prova. Mas a surpresa maior ficou na hora de receber a medalha de participação, oferecida pela prefeitura de Rondonópolis por meio da Secretaria de Esportes e Lazer. A fotografia dele impressa na medalha foi o melhor presente. “Foi uma homenagem surpreendente. Mas o que eu gosto mesmo é ver essa garotada levando o esporte a sério e ficando longe das drogas e de outras coisas ruins para a vida deles. Fiquei muito honrado com a surpresa”.

Leia também:  Mato Grosso fica em 2º lugar no ranking de geração de empregos em todo o Brasil

A entrega das medalhas foi feita em Poxoreu no final do percurso, pelo secretário de Esportes Sidnei Fernandes e pelos organizadores da 6ª Volta dos Diamantes. “Esta foi a maneira que encontramos de incentivar cada vez mais este esporte e fazer com que essa prova não pare mais. As homenagens são justas, para pessoas que enfrentam a estrada de terra e o calor para mostrar que os desafios do corpo são compensados pelas conquistas. A Secretaria trabalha para estar presente em todas as modalidades esportivas que movimentam a cidade”, disse Sidnei Fernandes.

A volta para Rondonópolis foi de Vans e as bikes foram trazidas de caminhão para a cidade. O grupo já começa os treinos para a próxima aventura, 110 quilômetros de Rondonópolis à Guiratinga, no dia 10 de dezembro, dia do aniversário de Rondonópolis.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.