Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada hoje (17) no Diário Oficial da União define a composição da vacina contra a gripe que será usada no país no próximo ano.

A composição da vacina contra a gripe é atualizada a cada ano, de acordo com os vírus circulantes, para garantir a eficácia do produto. A resolução, segundo a Anvisa, está de acordo com as recomendações da Organização Mundial da Saúde para o Hemisfério Sul.

De acordo com o texto, as vacinas influenza trivalentes a serem utilizadas no Brasil a partir de fevereiro de 2015 deverão conter, obrigatoriamente, três cepas (tipos) de vírus em combinação: um vírus similar ao Influenza A/California, um vírus similar ao vírus Influenza A/Switzerland e um vírus similar ao Influenza B/Phuket.

Leia também:  Joesley e Saud são presos em São Paulo

Ainda segundo a Anvisa, as cepas A/South Australia, A/Norway e A/Stockholm são consideradas similares à cepa de vírus A/Swiesrland.

Já as vacinas influenza quadrivalentes deverão conter os três vírus descritos anteriormente e um vírus similar ao vírus Influenza B/Brisbane.

“As vacinas influenza a serem utilizadas no Brasil no ano de 2015 somente poderão ser produzidas, comercializadas ou utilizadas, se estiverem dentro das determinações e nas composições descritas nesta resolução”, informou a agência.

A Anvisa ressaltou que fica vedada a utilização de quaisquer outras cepas de vírus em vacinas influenza no Brasil, sendo que as que são atualmente comercializadas ou fabricadas fora destas determinações deverão ser retiradas do mercado.

Leia também:  Criança de 9 anos é morta com tiro na cabeça por padrasto que tentou fugir

A resolução entra em vigor hoje.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.