Sensibilizar a população sobre os riscos da dengue e fazer um alerta da forma de contágio do vírus com seus sintomas e consequências. Foi esse o tema da audiência publica que reuniu dezenas de moradores de Novo São Joaquim, no Plenário da Câmara Municipal do município, na última segunda-feira (13.10).

O evento foi resultado de uma parceria entre a Promotoria de Justiça e Secretaria Municipal de Saúde. Na oportunidade, a promotora de Justiça Maria Coeli Pessoa de Lima, alertou a população sobre o elevado número de casos de dengue na região e enfatizou a necessidade de prevenção para o combate ao mosquito.

De acordo com a representante do Ministério Público foram levantadas frentes de ação e conscientização que deverão ser adotadas tanto por moradores como pelo poder público.

Leia também:  MT é o 5º Estado com maior índice de violência sexual contra criança

O biólogo da Vigilância de Saúde do Escritório Regional de Barra do Garças, Gerônimo Berto da Silva, fez um alerta sobre os riscos da dengue hemorrágica. Ele deu alguns exemplos sobre locais que parecem inofensivos mas que podem estar servindo de criadouro das larvas do mosquito.

Já o coordenador da Anvisa de Novo São Joaquim, Silvestre Peris Amorim, pediu a colaboração da sociedade para o combate aos focos e explicou que a melhor maneira de se eliminar o mosquito continua sendo a prevenção.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.