O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da Secretaria de Segurança Pública registrou, até as 15 horas deste domingo (05), 76 ocorrências envolvendo suspeitas de crimes eleitorais nos municípios de Mato Grosso. Do total registrados, 93 pessoas foram conduzidas para as delegacias da Polícia Judiciária Civil e da Polícia Federal nos municípios onde há unidades como Cuiabá, Várzea Grande, Sinop, Barra do Garças, Rondonópolis e Cáceres.

As ocorrências das Eleições 2014 estão centralizadas no CICC e são acompanhadas pelas instituições envolvidas no pleito, como o Tribunal Regional Eleitoral, Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiro Militar, Politec, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, SMTU, Guarda Municipal de Várzea Grande, representantes da Senasp, Ministério Público Eleitoral, Cemat Energisa, OI, Funai, entre outras.

Leia também:  Sebastião Rezende entrega minuta de decreto para ajudar comunidades terapêuticas

O monitoramento nas ruas e principais pontos de votação acontece ininterruptamente, sendo realizado com ajuda de câmeras instaladas e controladas pelo CICC de forma integrada. No interior do Estado as ocorrências são repassadas via telefone de forma instantânea para as equipes de plantão.

Entre os principais registros estão: 40 detidos pelo crime de boca de urna, 15 por transporte irregular de eleitor e 14 por propaganda irregular. Também foram registradas ocorrências de desacato em local de votação, corrupção eleitoral, fornecimento de alimentação para eleitor, falsidade ideológica (uma pessoa tentou votar usando documento de outra, em Campo Novo dos Parecis), recusar ou abandonar o serviço eleitoral (Barra do Garças).

Leia também:  Vereador Thiago Silva viabiliza tratores e caminhão para a zona rural

O balanço final das ocorrências registradas nas eleições deste domingo serão divulgados no final do dia.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.