MMAÉ oficial: o lutador brasileiro Vitor Belfort vai desafiar Chris Weidman pelo cinturão dos pesos-médios no UFC 184, em 28 de fevereiro de 2015, no Staples Center, em Los Angeles. O atleta carioca confirmou os rumores com um post publicado nesta quarta-feira nas redes sociais.
– Para quem ainda não sabe: luta confirmada para 28 de fevereiro, em Los Angeles. Contrato assinado! – escreveu Belfort.
Vitor Belfort vai buscar seu terceiro título numa terceira categoria de peso diferente dentro do UFC. Campeão do torneio peso-pesado do UFC 12 (não valia cinturão), o brasileiro foi campeão dos pesos-meio-pesados em 2004, ao derrotar Randy Couture após interrupção médica por conta de um corte. Em 2011, ele teve sua primeira oportunidade de conquistar o cinturão dos médios, mas foi nocauteado por Anderson Silva. Agora, chega ao duelo contra Chris Weidman, atual campeão, credenciado por três vitórias seguidas por nocaute, sobre Michael Bisping, Luke Rockhold e Dan Henderson.
Inicialmente marcada para o dia 6 de dezembro, a luta entre o campeão peso-médio e o brasileiro precisou ser adiada depois que Weidman sofreu uma fratura na mão. Esta foi a segunda vez que o combate entre os dois foi marcado e adiado. Ambos tinham sido escalados para duelar no UFC 173, em maio, mas mudanças no regulamento da Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC), que aboliu o uso da terapia de reposição de testosterona (TRT), forçaram o brasileiro a se retirar do combate. Belfort, que fazia uso do tratamento, precisou de tempo para adaptar seu organismo às novas exigências.
Em agosto, o brasileiro foi liberado pela NSAC para encarar Weidman no dia 6 de dezembro, e uma das condições era a de que não lutasse em nenhum outro lugar até a data do duelo. Como o UFC não conseguiu local para realizar o evento em Las Vegas, a organização informou à Comissão de Nevada de que teria que mudar o local do evento.

Leia também:  Rodada "madrasta" coloca Luve de volta ao Z-4
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.