Em sua turbulenta passagem pela McLaren, em 2007, Fernando Alonso reclamou de um suposto favorecimento ao então novato Lewis Hamilton, que tinha sido membro do programa de jovens talentos da escuderia inglesa. Caso os rumores da volta do espanhol em 2015 se confirmem, o inglês Jenson Button, titular da equipe de Grove há cinco temporadas, garante não temer a convivência com o bicampeão mundial.
– Eu não me assusto com a ideia de trabalhar com outro piloto campeão do mundo. Trabalhei com dois no passado – Jacques Villeneuve, quando era jovem, e Lewis Hamilton, por três anos. Não tenho medo de nenhum companheiro de equipe, e é interessante aprender com novas pessoas e ver a forma como elas trabalham – afirmou Button, em entrevista ao site inglês “Autosport”.
Campeão do mundo em 2009, pela extinta Brawn GP, Button teve dois companheiros de equipe diferentes na McLaren desde a saída de Hamilton, no fim de 2012. No ano passado, o veterano de 34 anos pilotou ao lado do mexicano Sergio Pérez, que foi substituído nesta temporada pelo dinamarquês Kevin Magnussen, oriundo do programa de jovens talentos da equipe. O inglês elogiou o trabalho do novato, que chegou a superá-lo em pontos no início do campeonato.
– Eu adoro trabalhar com companheiros de equipe que dão tudo de si, compreendem o carro e a configuração ideal e são abertos a novas ideias, e Kevin é exatamente assim. Ele chegou inexperiente, mas aprendeu muito rápido. Acho que temos um estilo de pilotagem muito semelhante, por isso tem sido muito bom trabalhar com Kevin – comentou.
Apesar da boa convivência entre os companheiros da McLaren, o clima dentro da equipe é de incerteza. Caso Alonso seja mesmo anunciado para 2015, ano que marca a reedição da histórica aliança com a japonesa Honda, ainda não há uma sinalização clara de qual piloto a equipe descartará. Competidor há mais tempo na ativa entre todos os nomes do grid, Button poderia ser forçado a antecipar sua aposentadoria caso a McLaren prefira manter o jovem Magnussen como titular.

Leia também:  Cuiabá sediará torneio de luta em pé
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.