Uma frente fria que passa pelo Brasil vai trazer chuvas para a parte norte da região produtora de café do Sudeste do país e região de cultivo de cana, bem como para o cinturão de grãos do Centro-Oeste até quarta-feira, afirmou a Somar Meteorologia nesta segunda-feira.

Chuvas foram relatadas no sul de Minas Gerais e em partes do Estado de São Paulo no fim de semana, beneficiando as culturas de café, cana e laranja, afirmou o meteorologista Marco Antonio dos Santos, da Somar, em nota.

Ele disse que mais chuva não é esperada em São Paulo e sul de Minas Gerais até o final da semana, quando uma nova frente fria passa pela região. “Até lá o tempo seguirá firme e com baixa possibilidade para ocorrência de chuvas (em São Paulo e região centro-sul de Minas Gerais).

Leia também:  O Halloween marca presença e aquece o comércio em Rondonópolis

Mas devido as chuvas desse final de semana, muitas regiões produtoras desses Estados tiveram seus níveis de umidade do solo elevados, o que proporciona uma melhora nas condições ao desenvolvimento das lavouras, principalmente de café, cana de açúcar e laranja”, afirmou Santos em nota.

Além dessas culturas, com o aumento da umidade do solo, há a possibilidade de se iniciar o plantio das culturas de verão, como soja, milho, entre outras, uma vez que o plantio estava paralisado devido ao tempo seco e quente das últimas semanas, continuou o especialista.

No Centro-Oeste, a segunda-feira também começa com muitas áreas de instabilidade, e com isso há previsão de mais chuvas, o que favorece o plantio de grãos.

Leia também:  Volume de impostos pagos pelos brasileiros sobe 8% em 12 meses

No Sul, o tempo seguirá aberto e sem previsões para chuvas até quarta-feira, quando uma nova frente fria avançará sobre o sul do Rio Grande do Sul, provocando chuvas sobre todas as regiões do Estado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.